Lola Benvenutti

Making of do ensaio para o Paparazzo       Foto: Alexandre Campbell/Paparazzo

O poeta Aretino, no século XVI, em seu Ragionamenti, reproduz o diálogo entre duas cortesãs que discutem sobre se é melhor ser esposa, freira ou prostituta. Diz uma delas: “Para que não me possas chamar cínica, só te digo que um par de nádegas tem mais poder do que tudo quanto é filósofo, astrólogo, alquimista ou necromante. Tinha já experimentado todas as ervas do campo, tantas palavras quanto as que se trocam em dois mercados, sem nunca ter conseguido fazer bulir o coração de um que agora não digo. Bastou afinal bambolear as nádegas para o deixar tão doido por mim”.

Esta fala, que hoje parece uma piada misógina, era uma imensa obscenidade na Renascença — tanto que muitos estudiosos afirmam ser Aretino o pai da pornografia. A prostituição sempre foi tolerada, desde que restrita a uma certa margem. Trazê-la para a sala de estar da classe média não pode. Pelo menos não podia.

A moça cuja foto ilustra esta página é Gabriela Natália da Silva, ou Lola Benvenutti, garota de programa classe média que estudou Letras na Ufscar e que mantém este blog. Ela se descreve como “culta” e diz ter “bumbum proporcional”. Globalizada, estuda traduzir os posts para os visitantes estrangeiros. “Faço porque gosto”, disse ao G1. Em um de seus últimos posts expõe detalhes de uma sessão de sexo grupal no interior. E diz que música sertaneja não combina com striptease. No que tem toda razão.

Foram menos de dois meses para que se tornasse uma subcelebridade. Descoberta por um site de afiliada da Globo no interior paulista, Lola deixou São Carlos, estabeleceu residência em São Paulo e virou mainstream, somando seu talento literário ao de Bruna Surfistinha. Fez ensaio para o site Paparazzo, que vai ao ar em 25/5. A prostituição goza (opa!)  mesmo de um novo status em nosso tempo.

Clique na foto abaixo para ver mais fotos

benve

 

Leia também:

———————–

Leia também:

EPIMENTA no Facebook

Andressa Mendonça, a mulher de Carlos Cachoeira

Diferença entre atriz pornô e prostituta, por Stoya

Minha conversa com Talese, um mestre do jornalismo

Os incríveis fotógrafos do Krouchev Planet Photo

Mailer daria palmadas no bumbum das slutwalkers

Marcha das Vadias, bobagem de meninas classe média

Lili St. Cyr, a primeira bombshell

Monte sua biblioteca com o método prático Paulo Francis

O fantasma de Paulo Francis

Coração Liberal Capítulo 1

Coração Liberal Capítulo 2

Coração Liberal Capítulo 3

Coração Liberal Capitulo 4

Coração Liberal Capítulo 5

Coração Liberal Capítulo 6

A pupila e o mestre, por Ian McEwan

São Paulo, túmulo do rock e da literatura

O efeito “Quero Ser John Malkovich” dos blogs

Você é sanguíneo, fleumático, colérico ou melancólico?

Safran Foer, vegetarianismo e carne humana insepulta

20130522-230321.jpg

20130522-230555.jpg

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s