Uma face para a vagina primal de Courbet

Capa da Paris Match, furo mundial
Capa da Paris Match, furo mundial

A história é a seguinte: A origem do mundo (1886), de Courbet, a famosa vagina de que o Facebook parece não gostar muito — e que outrora escandalizou a sociedade francesa — pode um dia ter tido uma face.

Courbet = Face. Vai bombar.

A revista Paris Match conta que um quadro comprado por uma bagatela numa loja de cacarecos, retratando a face de uma mulher em delírio orgásmico, pode ser a parte perdida de uma tela que foi, originalmente, maior.

Se for isso mesmo — e a matéria traz indícios consistentes de que é –, estamos diante de uma das mais incríveis descobertas no mundo da arte: a importância dada ao quadro de Courbet, que está no Museu d’Orsay, se deve justamente ao foco, ao detalhe, à parte, à representação de uma genitália sem face, coisa absolutamente improvável no fim do século 19.

Daí muda tudo. O que você acha?

Leia também

O hipster dissecado

 

 

3 comentários sobre “Uma face para a vagina primal de Courbet

  1. Hey just wanted to give you a quick heads up. The words in your article seem to be running off the screen in
    Firefox. I’m not sure if this is a format issue or something to do with internet browser compatibility but I figured I’d post to let you
    know. The style and design look great though! Hope you get the issue solved soon.

    Many thanks

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s